- Porque é que eu estou aqui? - perguntou Adão, num sentido existencial.
- Porque é que não estás com a Eva? - interrogou-o Deus, num sentido literal.
Adão coçou estupidamente a cabeça.
- Não sei. - respondeu.
Deus descaiu os ombros, com desânimo, e disse:
- Adão és um idiota.

Qual é a tua tentação?

foto de BudhaBar

Basta querer.

O
resto
é
página
de
livro
e
letra
de
canção.

Ou um filme.
Ou uma pintura.

Ou
um
poema
infinito
escrito
para
a
partitura
de
maestro
louco
a
quem
a
sinfonia
soa
sempre
a
pouco.

Basta querer.

O resto é tentação.





14 comentários:

Maya disse...

Claro que basta querer. Estou farta de dizer isso.

Magnífico 2010 e blá blá e coiso.

(e no entanto espero cair menos em tentação em 2010 ... tenho de querer mais ainda)

FAQ(er) disse...

Se estás farta de o dizer... MENOS PALAVRAS E MAIS ACÇÃO! :D

Daniela disse...

é verdade; querer é o primeiro passo para tudo!

Fada disse...

Tu.

(Mas não és "tu", é... *segredo*... Shiiiuuuuu... ;) )


E nem sempre basta querer. Ou "um" querer.

(Ó pra mim a usar os meus créditos de respostas sem levar chibatadas, ó, ó! :D )

Beijitos

(Nice post, by the way... ;) )

FAQ(er) disse...

Daniela, não querer também conta como passo (atrás).

~

Fada, tu mas não és "tu"? Tu decide-te.

Jane Doe disse...

Eu quero o Euro Milhões.

Basta querer?

FAQ(er) disse...

Se isso é tentação... sem comentários para comentar o teu comentário.

Brandie disse...

Sou facilmente tentada, mas como não faço nada para isso acho que não devo querer assim tanto certo?

Alice in Wonderland disse...

Brandie, já que o faq(er) perdeu o pio, eu diria que quando o ambiente e mesmo o próprio "objecto" da tentação são castradores é natural que não se faça nada para isso, mesmo que se queira.

Brandie disse...

Alice in Wonderland:
Obrigada, ele perdeu mesmo o pio:)
Bem, ser mulher basta para que tudo seja mais castrador. Por isso ficamo-nos pelas tentações;)

Paula disse...

Adorei este post!
Parabéns pelo blogue
Um abraço :)

Pandora disse...

E como em tão pouco, se diz tanto.

Rita disse...

gostei muito disto aqui. as palavras soam familiares.

FAQ(er) disse...

Neste momento, a minha tentação é responder a todos os comentários individualmente, mas ando a exercitar ao autocontrolo (ou isso). :)

Achavam mesmo que eu tinha respostas?

Estão à espera que responda?

FAQed

A minha foto
cada um sabe de si (si, de mim, não de você... você sabe de si, ou seja, cada um sabe de você... vendo bem, todos sabem de si)
Achas que o mundo é uma equação estranha sem fórmula de resolução? Já pensaste enfiar os queixos na droga mas, ah e tal, isso custa os olhos da cara? Já ponderaste (seriamente) vender os olhos da cara para enfiar os queixos na droga? Parece-te que és vítima de mau-olhado frequente e/ou persistente? Já correste tudo quanto é bruxo charlatão e uma catrefada de senhoras que acham que a palma da mão é um bilhete de identidade metafísico? Resumindo... não regulas bem da cabeça?Pois não desesperes! A cura (vá, terapia... não queremos ser demasiado optimistas) para toda essa angústia EXISTE! A comunidade científica mais céptica dirá que é um placebo mas, afinal, o que raio sabem esses! Por fim... tcharan! O caminho para a CURA (terapia, vá): thefaqer[at]gmail[dot]com

Apelo à cidadania.

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Nada de roubalheiras literárias, pode ser? (se não puder ser, que as mentes larápias se transformem numa lesma em decomposição... uma ratazana cadavérica também serve... conhecem o termo "esforriqueira"?... bem, isso adequa-se ao estado de matéria em que devem ficar os órgãos internos dos/as prevaricadores/as)