- Porque é que eu estou aqui? - perguntou Adão, num sentido existencial.
- Porque é que não estás com a Eva? - interrogou-o Deus, num sentido literal.
Adão coçou estupidamente a cabeça.
- Não sei. - respondeu.
Deus descaiu os ombros, com desânimo, e disse:
- Adão és um idiota.

Esse é o teu beijo?

imagem de Bruna161

Queres-me assim?
Dás-me um simples beijo e dizes que é só desejo?
Se um beijo é apenas isso, não quero.
Quero sentir-me a melhor pessoa do mundo, na flor da inocência, a descobrir a vida, numa noite limpa de céu estrelado. Quero fechar os olhos e sentir aquela fraqueza nas pernas que dá receio de cair para o lado.
Se o teu beijo não é isso, eu espero.
Espero por quem beije melhor.
Não vou esperar que aprendas, por muito que essa mágoa me arraste para o fundo da dor.
A vida tem o seu jeito de nos encontrar outras pessoas. É nosso o erro se pensarmos que essas pessoas serão todas boas.
O passado foi o que foi.
E não importa se ainda dói.
O presente é como é.
Um breve instante de fé.
O futuro será como for.
O eterno sonhador.
Haverá beijos que se colam a mim sem princípio, meio nem fim. Uns serão contos de fadas, outros não passarão de tentativas falhadas.
Não vou esperar por ti sem saber se existes, porque é procurar para não encontrar.
Isso é um beijo desencontrado em que, a meio, desistes e eu fico sem saber o que é beijar.
Por agora, enquanto a minha sorte se demora, penso em coisas boas para não desesperar para além da hora.
Penso no meu beijo que vai além do desejo.

14 comentários:

TERESA SANTOS disse...

Beijo! O que é?! Pode ser tudo e nada.
E denunciaste-te enquanto género. Esta escrita tem o cunho da pessoa do sexo...

FAQ(er) disse...

... não pareces muito certa da tua conclusão.

TERESA SANTOS disse...

Certissima.

FAQ(er) disse...

Quem está certo das suas conclusões, normalmente, costuma expressá-las. Até agora, apenas presumiste. :)

Fada disse...

Que uuuiiinnddooooo!...

Concordo contigo: quero um beijo que vá além do desejo.

:)

Beijo (normal, aquém do desejo, um carinhoso beijo, daqueles que sabem bem sem fazer mal)

;)

Carla disse...

mas um beijo também é desejo. é aí que começam os beijos, depois são os cinco sentidos abraçados numa dança sem princípio nem fim...

FAQ(er) disse...

Fada, toda a gente quer beijos. :D

--

Carla, tu és capaz de perceber de beijos. Estou sempre na disposição de aprender mais nesse departamento. :)

Carla disse...

de beijos percebo apenas o toque de dois lábios...e quem não gosta de aprender?

FAQ(er) disse...

Não será antes o toque de quatro lábios? :)

Carla disse...

é certamente isso (devia ter ficado escrito "o toque de dois pares de lábios) :)

FAQ(er) disse...

Por outro lado, também pode ser mesmo apenas o toque de dois lábios se formos beijados em outra parte do corpo que não os lábios. :)

Carla disse...

a diversidade do(s) beijo(s)conquista-nos, daí a vontade de uma (e)terna descoberta

FAQ(er) disse...

... sem mapa, por instinto. :)

Carla disse...

apenas com os sentidos "ligados"...

Achavam mesmo que eu tinha respostas?

Estão à espera que responda?

FAQed

A minha foto
cada um sabe de si (si, de mim, não de você... você sabe de si, ou seja, cada um sabe de você... vendo bem, todos sabem de si)
Achas que o mundo é uma equação estranha sem fórmula de resolução? Já pensaste enfiar os queixos na droga mas, ah e tal, isso custa os olhos da cara? Já ponderaste (seriamente) vender os olhos da cara para enfiar os queixos na droga? Parece-te que és vítima de mau-olhado frequente e/ou persistente? Já correste tudo quanto é bruxo charlatão e uma catrefada de senhoras que acham que a palma da mão é um bilhete de identidade metafísico? Resumindo... não regulas bem da cabeça?Pois não desesperes! A cura (vá, terapia... não queremos ser demasiado optimistas) para toda essa angústia EXISTE! A comunidade científica mais céptica dirá que é um placebo mas, afinal, o que raio sabem esses! Por fim... tcharan! O caminho para a CURA (terapia, vá): thefaqer[at]gmail[dot]com

Apelo à cidadania.

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Nada de roubalheiras literárias, pode ser? (se não puder ser, que as mentes larápias se transformem numa lesma em decomposição... uma ratazana cadavérica também serve... conhecem o termo "esforriqueira"?... bem, isso adequa-se ao estado de matéria em que devem ficar os órgãos internos dos/as prevaricadores/as)